Cultura

Coletiva de Imprensa da Bienal Internacional do Livro 2017

  [caption id="attachment_71212" align="alignleft" width="225"] Fotos: Divulgação[/caption] No início desse mês aconteceu a coletiva de imprensa da Bienal Internacional do Livro 2017, na zona sul do Rio de Janeiro, para o lançamento da programação oficial da 18ª edição. A Bienal do Livro carioca, acontece no Riocentro, na zona oeste da cidade, de dia 31 de agosto até 10 de Setembro e é considerado um dos principais evento literário no Brasil. Haverá desde palestras e sessões de autógrafo com atores internacionais e nacionais, até atividades nos espaços dedicados a temas ligados a leitura e cultura. O evento contará com nomes como André Vianco, Gayle Forman, Maurício de Sousa, Vivianne Fair, Eduardo Spohr, Eddie Van Feu, Eduardo Kasse, Ana Lúcia Merege, Renato Rodrigues, Ana Maria Machado, Ziraldo, entre outros. Serão dias com palestras e bate-papos, encontros com autores e as mais variadas atividades com foco na literatura mundial e assuntos relevantes da atualidade, distribuída pelos três pavilhões que vão comportar o evento, tanto em espaços...
Leia mais

A magia de ‘Malasartes – E O Duelo com a Morte’ chega aos cinemas

  [caption id="attachment_70965" align="alignleft" width="300"] Foto: Andre Brandão[/caption] O filme 'Malasartes - E O Duelo com a Morte', escrito e dirigido por Paulo Morelli, é a mais nova aventura do personagem mais brasileiro de todos os tempos, Pedro Malasartes. Conhecido por seus contos que atravessaram gerações e por produções das mais variadas, como o filme para o cinema de 1960, 'As Aventuras de Pedro Malasartes' com o inesquecível Mazzaropi, ele faz parte da memória do brasileiro. Entrando em cartaz nos cinemas brasileiros nesse mês de agosto, o roteiro de 'Malasartes - E O Duelo com a Morte' narra as confusões de Pedro Malasartes, interpretado pelo jovem ator Jesuíta Barbosa. História e outros personagens A trama é focada em Pedro Malasartes, que vai completar 21 anos e está ansioso não só pela data, mas porque finalmente irá conhecer seu padrinho. O aniversariante vive de trambiques, mas o único que ele não engana é Próspero (Milhem Cortaz) a quem deve uma enorme soma de dinheiro e que...
Leia mais

Bienal do Livro terá mais de 300 autores em 11 dias de evento no RioCentro

Em uma área de 80 mil metros quadrados, a 18ª edição da Bienal Internacional do Livro do Rio de Janeiro terá como foco a literatura brasileira, com 330 autores e convidados, 350 horas de programação cultural e 190 atividades envolvendo o universo literário, o que representa um aumento de 40% em relação à última edição. O evento será aberto no dia 31 de agosto e vai até 10 de setembro, em três pavilhões do RioCentro, na Barra da Tijuca, zona oeste da cidade. O presidente do Sindicato Nacional dos Editores de Livros (Snel), Marcos Pereira, uma das entidades promotoras da Bienal, explica que o evento é o terceiro maior em público do calendário carioca, ficando atrás apenas do Réveillon e do carnaval, com 700 mil visitantes. Este ano, segundo ele, a intenção da bienal é resgatar o valor do livro. “A gente vive um momento muito difícil da vida brasileira, um momento de questionamento sobre o nosso futuro, com as questões éticas...
Leia mais

Escola de Música Villa-Lobos promove 1º Concurso Nacional de Piano

A Escola de Música Villa-Lobos, um espaço da Secretaria de Estado de Cultura/FUNARJ, com apoio da Rádio Roquette Pinto apresentou seu 1° Concurso Nacional de Piano, num  evento começou no dia 25 julho e reuniu mais de 50 estudantes,que foram avaliados conforme a faixa etárias de 5 a 25 anos. O Concurso teve  objetivo incentivar novos pianistas e proporcionar o desejo de alcançar metas mais avançadas pelo contato com músicos. Grandes nomes do Piano brasileiro estiveram presentes,  como Miguel Proença, Luiz Senise, Marcilda Clis, Maria Tereza Soares, e Marina Spoladore. A maioria dos participantes era da cidade do Rio de Janeiro. Para uma das grandes autoridades do Piano no Brasil, a pianista e professora Marcilda Clis, promover um concurso desse porte no Rio de Janeiro, na atual crise econômica é uma grande realização. "Sempre sou convidada como jurada de concursos nacionais, nas realizações de máster classes para professores e alunos. Desde que trabalhei aqui sempre foi meu ideal realizar um...
Leia mais

Transformers: O Último Cavaleiro nos cinemas

  [caption id="attachment_70576" align="alignleft" width="200"] Fotos: Louise Duarte[/caption] O mais novo filme do diretor Michael Bay, 'Transformers: O Último Cavaleiro', estreou em julho no Brasil e é o mais recente filme da franquia 'Transformers', a qual já chegou aos cinemas com duas continuações confirmadas, além de um filme solo do personagem Bumblebee. Com roteiro de Art Marcum, Matt Holloway e Ken Nolan, o filme inicia uma nova fase da franquia que além de dar continuidade a luta intergalática entre os Autobots e Decepticons, também mostrará uma nova história. Caçados por humanos por todo o planeta após os eventos ocorridos no filme anterior, o caos na Terra por causa da luta dos Transformers versos humanos se torna cada vez mais complicado. Isso porque os governos querem exterminar todos os robôs alienígenas e tornar o planeta novamente só dos humanos, enquanto alguns como Cade Yeager (Mark Wahlberg) acha errado o genocídio da espécie e protege todos que podem. Em meio as lutas um milenar segredo...
Leia mais

Instalação que recria Museu da Língua Portuguesa ficará aberta após Flip

A instalação audiovisual que recria na 15ª Festa Literária lnternacional de Paraty (Flip) a experiência-símbolo do Museu da Língua Portuguesa, que é a Praça da Língua, tem atraído a curiosidade dos visitantes da cidade da Costa Verde fluminense e vai ficar aberta ao público até o dia 27 de agosto.  A Flip termina neste domingo (30). “A gente vai deixar um mês aqui para que a comunidade de Paraty possa aproveitar. A procura é muito intensa”, disse a gerente de Patrimônio da Fundação Roberto Marinho e uma das responsáveis pela restauração do Museu da Língua Portuguesa, a arquiteta carioca Lúcia Basto. Espécie de 'linguetário”, como definiu Lúcia, esse “planetário da língua” é um espaço onde são projetadas imagens, além de áudios de clássicos da literatura e da música brasileira. “É como se fossem telas da cultura, da poesia. É uma coisa muito sensorial. As pessoas gostavam muito. Era o lugar que mais emocionava os visitantes”, disse a arquiteta. O Museu da...
Leia mais

Flip 2017 homenageia Lima Barreto

A 15ª Festa Literária Internacional de Paraty (Flip), que começa nesta quarta-feira (26) e vai até domingo (30), homenageará o escritor carioca Afonso Henriques de Lima Barreto, nascido em 13 de maio de 1881 e morto aos 41 anos em 1º de novembro de 1922. A edição de 2017 também se destaca por ser a primeira em que o número de escritores convidados do sexo masculino é igual ao número de escritoras. A curadora do evento, Joselia Aguiar, conta que a homenagem a Lima Barreto estava, há alguns anos, nos planos da organização. “Lima Barreto já estava nos planos da Flip há algum tempo”, disse. Embora seu nome tenha sido citado no final de 2013 entre os prováveis homenageados, as edições seguintes da festa destacaram Millor Fernandes, Mário de Andrade e Ana Cristina Cesar. “Era realmente o momento de trazer Lima Barreto, até porque o país e o mundo têm discutido bastante a questão racial. Era uma forma de contribuir...
Leia mais

Narrativas populares e o conteúdo

  Quando o assunto é uma narrativa popular, muitas vezes o padrão comercial caí no mesmo problema, falta de conteúdo. Criando incontáveis histórias rasas e repletas de clichês. Não que seguir padrões e usar clichês seja algo ruim, já que o padrão narrativo, geralmente ligado a um gênero, é importante para manter a integridade de uma história, evitando narrativas confusas e com tanta informação diferente que deixa todo mundo perdido. Porém, o acréscimo de conteúdo não pode ser renegado, na opinião de vários autores nacionais, já que bem usado ajuda no enriquecimento da trama e personagens. [caption id="attachment_70347" align="alignleft" width="300"] Fotos: Divulgação[/caption] A romancista e contista Simone O. Marques da série vampiresca 'Sabores do Sangue' e das séries de livros fantásticos 'Crônicas do Reino do Portal', 'As Filhas de Dana' e 'Os tesouros da Tribo de Dana', que tem contos publicados em diversas antologias e que também é roteirista, fala em entrevista sobre a dificuldade de aceitação em escrever histórias com conteúdo, indo...
Leia mais

Autores debatem a peça “Luiz Gama – Uma voz pela liberdade” com universitários

Durante o Império, um negro nascido livre, vendido pelo próprio pai como escravo, conclui como ouvinte o curso de Direito e, mesmo sem o diploma, atua como advogado e consegue a liberdade de mais de 500 cativos. Essa é a história de Luiz Gama, tema da peça “Uma voz pela liberdade”, o manifesto do homem que lutou contra o preconceito racial, a favor da dignidade humana e em especial pela libertação dos escravos no Brasil. Sua titulação só foi reconhecida pela OAB em 2015. O texto é do ator Déo Garcez, que conta com um currículo extenso de trabalhos em novelas e cinemas. Ao lado da atriz Nivia Helen e sob direção de Ricardo Torres, Déo participa de debates com universitários e professores depois de cada apresentação. A peça está com temporada agendada para novembro no Centro Cultural da Justiça, no Rio de Janeiro. Déo falou sobre a peça com exclusividade para O ESTADO RJ. O ESTADO RJ – A peça aborda a...
Leia mais

A polêmica de ‘Mulher Maravilha’

  [caption id="attachment_70004" align="alignleft" width="300"] Fotos: Divulgação[/caption] Com o menor orçamento entre as grandes produções inspiradas nos quadrinhos DC, da atual franquia que se iniciou com 'Homem de Aço', o filme 'Mulher Maravilha' se destaca pelo roteiro bem estruturado e o ótimo trabalho da diretora Patty Jenkins. Mostrando que bons filmes de super heróis precisam de bons roteiros e uma direção competente, não só de efeitos digitais espetaculares. Depois de vários filmes carregados de efeitos digitais e pouca preocupação com a qualidade dos roteiros e desenvolvimento dos personagens, 'Mulher Maravilha' se torna o primeiro filme da franquia DC dirigido por uma diretora e que também deu aos fãs o que não se via desde 'Superman' (1978), uma boa história e personagens apaixonantes. Fã de carteirinha da Mulher Maravilha, ator e dublador André Rossi, fala do tão esperado filme para o cinema. Aficcionado por quadrinhos desde os difíceis tempos em que era vergonhoso gostar de super-heróis, principalmente de super-heroínas, ele cresceu lendo quadrinhos...
Leia mais