Curiosidades

O primeiro computador da história? Conheça o objeto mais misterioso da história da tecnologia

Se não fosse uma forte tempestade na ilha grega de Anticítera, há pouco mais de um século, um dos objetos mais desconcertantes e complexos do mundo antigo jamais teria sido descoberto. Após buscar abrigo na ilha, um grupo de catadores de esponjas marinhas decidiu ver se dava sorte naquelas águas. Eles acabaram encontrando os restos de uma galé romana que havia naufragado havia 2 mil anos, quando o Império Romano começou a conquistar as colônias gregas no Mediterrâneo. Nas areias do fundo do mar, a 42 metros de profundidade, estava a maior reunião de tesouros gregos encontrada até então. Entre belas estátuas de cobre e mármore estava o objeto mais intrigante da história da tecnologia. Trata-se de um instrumento de bronze corroído, do tamanho de um laptop moderno, feito há 2 mil anos na Grécia antiga. É conhecido como máquina (ou mecanismo) de Anticítera. E mostrou ser uma espécie de máquina do futuro. No começo, as peças, cobertas por uma crosta e unidas após passar...
Leia mais

Café: as vantagens e desvantagens dos métodos de preparo

Quem é brasileiro e gosta de café - quase uma redundância, já que a bebida está presente em 98% dos lares do país, segundo a indústria do setor - pode se surpreender com os métodos caseiros de preparo mais comuns no exterior. Na Inglaterra, por exemplo, o café coado, modo de extração mais popular no Brasil, é raro. Em casa e no trabalho, predomina a chamada prensa francesa, em que pó e água se misturam e um êmbolo com uma tela faz a filtragem. E olhe que o gosto pelo café já se espalhou há muito tempo pela Grã-Bretanha, coexistindo com a paixão pela cerveja e pelo chá, como afirmam os historiadores Peter Burke e Maria Lúcia Pallares-Burke, autores do recém-lançado Os Ingleses (editora Contexto). Mas há um método melhor do que outro? O café de coador de pano da vovó é mesmo insuperável? Para passar essa questão a limpo (e o café), o engenheiro agrônomo Pedro Ronca, produtor e especialista em...
Leia mais

666: Desvendando o verdadeiro significado do ‘número da besta’ e outros mitos do Apocalipse

Dragões, cavalos com cabeça de leão e cordeiros com sete olhos. Essas são algumas das visões do Apocalipse - uma palavra que vem do grego antigo "revelação" e é descrita no último, mais estranho e mais controverso livro da Bíblia cristã. O "livro da revelação" consiste em uma série de visões que seriam uma profecia do fim dos tempos. Foi usado ao longo da história para explicar desastres que vão da peste ao aquecimento global, passando pelo acidente nuclear de Chernobyl. Algumas figuras e palavras conhecidas, como por exemplo Armagedom, também vêm do Apocalipse, embora nem todos saibam disso. E o livro tem diversas influências em livros, cinema e música até hoje. Mas, quando João escreveu o livro, no século 1, ele não estava apenas querendo explicar acontecimentos futuros. Alguns acadêmicos acreditam que ele usava códigos e símbolos para alertar os cristãos da época sobre a adoração ao imperador de Roma e lançar um ataque ao poderoso regime. O "número da besta" -...
Leia mais

Audrey Munson: A modelo que inspirou famosas estátuas de Nova York, mas morreu esquecida

As ruas e prédios de Nova York exibem belos monumentos e estátuas, geralmente de figuras femininas. O que poucos sabem é que uma só mulher foi a inspiração e modelo para grande parte dessas obras do início do século 20: Audrey Munson. Estátuas famosas de locais como a Biblioteca Pública de Nova York, a entrada da Manhattan Bridge e a Columbus Circle foram criadas a partir de sua beleza. No topo do prédio da prefeitura, no sul da ilha, está a maior delas, de mais de 7,6 metros de altura. A vida da modelo e atriz de cinema mudo virou recentemente um livro, escrito pelo jornalista James Bone. O título da biografia já mostra que sua trajetória não foi nada comum: The Curse of Beauty: The Scandalous and Tragic Live of Audrey Munson, America's First Supermodel ("A Maldição da Beleza: A Vida Escandalosa e Trágica de Audrey Munson, Primeira Supermodelo dos Estados Unidos", em tradução literal). Munson viveu bastante, até os 104...
Leia mais

O melhor amigo do homem está entre os animais mais perigosos do mundo

Na semana passada, um australiano morreu após ser atacado por um crocodilo. Crocodilos são animais perigosos. Estima-se que eles provoquem mil mortes por ano. Mas a criatura mais perigosa do mundo, ano após ano, é muito menor: o mosquito. Confira abaixo a lista dos animais mais perigosos do mundo. Mosquitos Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), cerca de 725 mil pessoas morrem todos os anos por doenças transmitidas pelos mosquitos. Somente a malária afeta 200 milhões no mundo todo, das quais 600 mil morrem. Mosquitos também transmitem a dengue, a chikungunya, o vírus da zika, a febre amarela e a encefalite (inchaço e inflamação do cérebro). O grande número de mosquitos potencializa o risco causado a seres humanos. Diferentemente de muitas outras criaturas perigosas, eles podem ser encontrados em praticamente todas as partes do mundo em diferentes épocas do ano. No auge do período reprodutivo, os mosquitos ultrapassam, em número, qualquer outro animal, exceto pelas formigas e pelos cupins. Cobras Estima-se que as cobras matem por ano...
Leia mais

China está concluindo o maior radiotelescópio do mundo para descobrir vida alienígena

Que a China tem a maior população do planeta, é bem provável que você já sabia. E que, além disso, é o terceiro maior país também em extensão territorial (perdendo apenas para Rússia e Canadá) não é tarefa difícil de descobrir. Mas, será que você sabia, que os chineses estão quase concluindo as obras do  maior radiotelescópio do mundo? A construção está sendo realizada em uma região afastada na província de Guizhou, ao sul do país. O FAST – como é conhecido na sigla em inglês (Five hundred meter Aperture Spherical Telescope) – ou simplesmente  Telescópio Esférico de Abertura de 500 metros, possui um disco onde caberiam 30 campos de futebol. Esse disco gigantesco é constituído de 4.450 refletores triangulares, onde cada um dos lados mede 11 metros de comprimento. O radiotelescópio está sendo erguido em uma cratera natural e será composto por 4.600 painéis triangulares, que permitem digitalizar grandes áreas do céu. Ficou interessado em ver como anda essa obra? Um Drone percorreu o local e...
Leia mais

Como o diabo ficou vermelho e ganhou chifres?

Se alguém te pedisse para imaginar o diabo, provavelmente viria à mente um demônio com um tridente nas mãos. No entanto, por centenas de anos, o diabo cristão não foi retratado pela arte religiosa e, quando finalmente surgiu, era azul e não tinha chifres ou cascos. A imagem mais familiar para nós surgiu pelas mãos de gerações de artistas e escritores que pegaram o pouco que é dito pela Bíblia sobre Satanás e o reinventaram ao longo do tempo. A Bíblia diz que Satanás era o maior adversário de Deus. Na Bíblia judaica, o diabo é apenas outro agente subordinado a Deus, um anjo do mal, uma alegoria que simbolizava a inclinação maligna dos homens e mulheres. Esse personagem foi desenvolvido pelos cristãos até transformá-lo em uma representação da maldade suprema. A doutrina cristã diz que Satanás assumiu a forma de uma serpente e tentou Eva no Jardim do Éden, mas não há nenhuma menção ao diabo no livro Genesis. Foi...
Leia mais

O descobridor do Brasil, Pedro Álvares Cabral é pouco lembrado em Portugal

Passados 516 anos do descobrimento do Brasil, comemorados neste 22 de abril, a importância de Pedro Álvares Cabral para a História do país segue incontestável. Mas sua figura não tem o mesmo peso em Portugal, país que ele ajudou a transformar em uma potência global há mais de cinco séculos. "A maior parte dos portugueses com mais de 45 anos sabe quem foi Cabral, mesmo que quase todos de forma muito vaga. Já um jovem de 17 ou 18 anos provavelmente responderá que tem uma ideia vaga sobre Vasco da Gama, mas que não se lembra de Pedro Álvares Cabral, um nome que ficou enterrado nos livros do ensino básico", afirma a historiadora e escritora Manuela Gonzaga, investigadora do Centro de História d'Aquém e d'Além-Mar (Cham), ligado à Universidade Nova de Lisboa e à Universidade dos Açores. Cabral foi um personagem central no momento áureo de Portugal, a expansão marítima dos séculos 15 e 16. A sua chegada à costa...
Leia mais

Quanto custa manter a múmia de Lênin ‘como se estivesse viva’

Quanto custa manter embalsamado o corpo do líder da Revolução Russa morto há mais de 90 anos? O governo russo desembolsará neste ano 13 milhões de rublos (cerca de R$ 690 mil) para a conservação da múmia de Vladimir Lênin (1870-1924), cujo corpo embalsamado está em exposição em um mausoléu na Praça Vermelha de Moscou desde 1924. O órgão público responsável pelo mausoléu divulgou na internet o gasto com o "trabalho biomédico de conservação do corpo de Vladimir Lênin para que pareça como se estivesse vivo", mas não revelou o nome da empresa que o realizou. Cientistas russos já somam 92 anos conservando em bom estado o corpo do líder da Revolução Russa. E fazem isso com seguidas camadas de fluidos bioquímicos que mantêm o embalsamento. Segundo informações da imprensa local, as roupas do cadáver são trocadas a cada três anos. Debate acirrado O túmulo de Lênin atrai milhares de turistas de todos os países. Para muitos russos, o mausoléu simboliza os feitos da...
Leia mais

O que os evangelhos perdidos dizem sobre Jesus Cristo?

Em 1945, um grupo que escavava o deserto egípcio em busca de fertilizante fez uma descoberta que mudou completamente nosso entendimento sobre o início do Cristianismo. Tratavam-se de vários textos primitivos cristãos, incluindo os evangelhos de Tomé, Filipe e Marcião, alguns dos muitos livros alternativos sobre Jesus que não foram incluídos na Bíblia Cristã. Por retratarem um Jesus Cristo radicalmente diferente daquele presente nos evangelhos do Novo Testamento - Mateus, Marcos, Lucas e João, estes relatos acabaram sendo excluídos pela Igreja de seu texto sagrado quando se chegou a uma versão oficial do cristianismo. Saiba mais sobre o que dizem estes textos Maria Madalena Escrito provavelmente no século 3, o evangelho de Filipe mostra, por exemplo, um estreito vínculo entre Jesus e Maria Madalena. "O Salvador a queria mais que todos os discípulos. A beijou em sua...", diz um trecho deste texto. O restante da frase está ausente, mas especula-se que dizia "boca", sugerindo uma relação mais íntima. Este evangelho ainda retrata Maria como a...
Leia mais