Estado SP

Número de usuários na Cracolândia cresce 160% no último ano

Pesquisa da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social de São Paulo mostra que a quantidade média de usuários de drogas que frequentam o “fluxo” - região da Cracolândia, no centro da capital paulista, onde os dependentes químicos se concentram – mais do que dobrou nos meses de abril e maio de 2017 em comparação aos mesmos meses de 2016. O levantamento, divulgado parcialmente pela secretaria, constatou uma média de 1.861 pessoas frequentes no fluxo, um crescimento de 160% em relação ao mesmo período do ano passado, quando a primeira contagem foi feita com a mesma metodologia. O estudo completo deve ser publicado nos próximos dias. Das 139 pessoas entrevistadas pela pesquisa, 44,21% fizeram referência aos conflitos familiares (perdas, divórcios, violência e abandono) como motivadores para passarem a frequentar o fluxo. No levantamento, 44% disseram querer parar o uso de drogas – o fator mais associado com a motivação de interromper o uso é já ter participado de outros tratamentos. Mulheres A pesquisa...
Leia mais

Campanha incentiva entrega voluntária de armas em São Paulo

Como parte da ação global Week of Action, o Instituto Sou da Paz promove nesta quinta (8) e sexta-feira (9) uma campanha para a entrega voluntária de armas. Participam da mobilização organizações que atuam em todo o mundo pela redução da violência armada. A ação ocorre em parceria com a Secretaria Municipal de Segurança Urbana e Guarda Civil Metropolitana (GCM), de São Paulo. Na capital paulista, são quatro postos de entrega específicos para a ação: zona sul (Vila Mariana e Santo Amaro), zona norte (Santana) e zona leste (Aricanduva Formosa). Fora do período da campanha será possível fazer a entrega nas 36 inspetorias da GCM. Para se deslocar com a arma, é preciso emitir uma guia de transporte no site do Ministério da Justiça. De acordo com o instituto, cerca de 40 mil pessoas morrem todos os anos vítimas de arma de fogo. “A gente mata mais do que muitos países em guerra, apesar de a gente ter uma situação...
Leia mais

Diário Oficial de São Paulo terá apenas versão digital a partir de quinta

A partir desta quinta-feira (1º), o Diário Oficial de São Paulo deixará de circular na forma impressa, mantendo apenas a versão digital. De acordo com o governo paulista, a medida segue “uma tendência do mercado global” e caminha para “um futuro moderno e sustentável”. O formato impresso circulou por 126 anos. Para a administração estadual, a medida está também alinhada com a nova realidade do consumo de informações na internet. “Esse formato se esgotou”, diz, em nota, o governo. A economia de papel chegará a 34 toneladas por mês. A redução de custos, por sua vez, será de pelo menos R$ 6,3 milhões por ano, incluindo os gastos com papel, transporte e manuseio. Desde 2008, o Diário Oficial pode ser acessado digitalmente de forma gratuita por um sistema de buscas. “Até mesmo as primeiras versões impressas, de 1891, estão digitalizadas para pesquisa”, informou a Imprensa Oficial do Estado. ...
Leia mais

TRE de SP inicia campanha de incentivo ao cadastramento biométrico

O Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) começa a veicular nesta segunda-feira (15), nas emissoras de televisão, um filme publicitário, desenvolvido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), visando alertar os eleitores sobre a necessidade de se efetuar o cadastramento biométrico nas cidades onde o sistema já é obrigatório. Dados do TRE paulista indicam que - até abril último - 7,4 milhões de eleitores tinham feita a biometria, o que representa 22,56% do eleitorado do estado (33 milhões). O sistema de identificação por biometria já foi implantado em 82 cidades, onde está sendo feita uma revisão do eleitorado. O comparecimento dos eleitores nas unidades da Justiça Eleitoral é obrigatório sob pena de cancelamento do título de eleitor. A falta deste documento impede a concessão de passaporte, entre outros transtornos aos cidadãos como a impossibilidade de fazer empréstimos em bancos públicos e votar nas próximas eleições, em 2018. Por meio de nota, o presidente do TRE, Mário Devienne Ferraz, observou que o uso...
Leia mais

Pacientes com Aids em São Paulo estão vivendo mais tempo, diz pesquisa

Os pacientes de Aids do estado de São Paulo têm vivido mais tempo. Segundo levantamento da Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados (Seade). A idade média de morte dessa população era de 33 anos para os homens e de 29 anos para as mulheres em 1990 e passou para 45 e 46 anos, respectivamente, em 2015. De acordo com o estudo, no estado de São Paulo, as taxas de mortalidade por Aids registraram pico em 1995, com 35,1 óbitos por 100 mil homens, e 11 mortes por 100 mil mulheres. Em 2015, as taxas caíram para 8,4 óbitos por 100 mil homens e 3,7 por 100 mil mulheres. “Nesses 20 anos de epidemia, a gente teve um maior controle, um maior monitoramento da doença. Houve um aprimoramento dos programas de proteção, teve a introdução dos antirretrovirais. Tudo isso contribuiu para que houvesse essa queda, o aumento da idade média ao morrer e a maior sobrevida das pessoas infectadas”, destacou...
Leia mais

Marcha da Maconha expõe reivindicações nas ruas de São Paulo

Milhares de pessoas se reuniram na tarde deste sábado (6) na Avenida Paulista, região central de São Paulo, durante a Marcha da Maconha. Os ativistas saíram às ruas pelo fim da guerra às drogas e em defesa da legalização. O ato - que ocorre desde 2008 - este ano teve como lema “Quebrar correntes, plantar sementes”. O coletivo da Marcha da Maconha de São Paulo reivindicou “o direito ao plantio da maconha — e da liberdade — no lugar das correntes que seguem nos aprisionando. Nossa luta hoje é pela legalização da produção, distribuição e uso da planta no Brasil para seus mais variados fins. Mas não só! É também pelo fim de guerra às drogas em todo o globo terrestre!”, informa o coletivo em sua página numa rede social. A Marcha da Maconha se organizou em blocos temáticos. A ativista do Coletivo DAR – Desentorpecendo a Razão, Gabriela Moncao, disse que os blocos visam qualificar o debate do fim...
Leia mais

Homicídios na Grande SP crescem 32% em março

As chacinas registradas no último mês na Grande São Paulo contribuíram para aumentar o número de homicídios na região. Segundo balanço divulgado pela Secretaria de Segurança Pública do estado, o número de homicídios cresceu 31,82% na Grande São Paulo em março deste ano na comparação com o mesmo mês do ano passado, com o acréscimo de 21 ocorrências, atingindo 87 casos no total. Também cresceu o número de vítimas de homicídios (o número de casos costuma ser menor que o de vítimas porque cada caso pode ter mais de uma pessoa assassinada). Segundo a secretaria, o crescimento no período foi de 43,28%, com 96 mortos no total. Só no dia 11 de março, quatro pessoas foram assassinadas em uma chacina no Jardim Conceição, em Osasco. “Depois de bom tempo sem que a gente tivesse essas graves ocorrências de homicídios múltiplos [chacinas], tivemos alguns casos em março. Isso termina, evidentemente, puxando os indicadores. Todos esses casos estão sob investigação. Em alguns...
Leia mais

Prefeitura de São Paulo anuncia mudanças no sistema cicloviário da cidade

A prefeitura de São Paulo anunciou que irá mudar o sistema cicloviário da cidade. Parte dos 400 quilômetros de ciclovias e ciclofaixas instalados no município será transformada em ciclorrotas. A mudança vai começar pela Vila Prudente, na zona leste, seguida da Rua da Consolação, no centro da cidade. “Após estudos na malha cicloviária da cidade, algumas ciclovias serão melhoradas, outras ampliadas e, em alguns casos, serão transformadas em ciclorrotas, ganhando uma sinalização específica e tratamento para acalmamento de tráfego em pista de rolamento que pode ser compartilhada com carros e motos em vias de tráfego leve”, informou a prefeitura em nota. Exclusivas para bicicletas, as ciclovias são pistas isoladas fisicamente do trânsito de veículos automotores com grades ou canteiros. Já as ciclofaixas são demarcadas com pintura no chão, também exclusivas para bicicletas, mas separadas dos veículos automotores apenas pela pintura ou por tachões. As ciclorrotas são ruas sinalizadas aos motoristas informando que a via é uma rota usada por ciclistas. “A...
Leia mais

Sinal digital chega a 95% dos domicílios na região metropolitana de São Paulo

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) informou que cerca de 95% dos domicílios da região metropolitana de São Paulo já recebem o sinal digital de televisão. Os dados são de uma pesquisa realizada pelo Ibope, entre os dias 31 de março e 10 de abril, após o desligamento do sinal analógico, ocorrido no dia 29 do mês passado. O Ibope fez 1.072 entrevistas em São Paulo e 1.652 nos 38 municípios vizinhos. O percentual mínimo para atingir as condições de desligamento era de 90% dos domicílios atendidos, considerando uma margem de erro de 3 pontos percentuais. Próxima etapa O sinal analógico já foi desligado em Rio Verde (GO) e em Brasília. Para o dia 31 de maio, está marcado o desligamento do sinal analógico em Goiânia e em mais 28 municípios goianos. Cerca de 280 mil kits estão sendo distribuídos para famílias inscritas em programas sociais do governo. O kit é composto por uma antena, um conversor do sinal analógico para o...
Leia mais

Justiça determina bloqueio de bens do prefeito de Osasco

A Justiça de São Paulo determinou o bloqueio dos bens do prefeito de Osasco, Rogério Lins. Ele é acusado de participar de esquema criminoso de funcionários fantasmas e de captação de parte do salário de assessores na época em que era vereador e presidente da Câmara Municipal de Osasco. Também foi determinado o bloqueio de bens de 13 vereadores suspeitos de participação no crime. A ação civil pública promovida pelo Ministério Público estima que R$ 21 milhões foram desviados com as fraudes. No total, foram denunciadas 217 pessoas, entre vereadores, assessores e funcionários fantasmas. Os acusados chegaram a ser presos pela Operação Caça-Fantasmas, deflagrada em agosto de 2015. Lins foi preso no ano passado, no domingo de Natal, após retornar de uma viagem a Miami, nos Estados Unidos. Ele foi levado à Penitenciária de Tremembé, no interior paulista, onde permaneceu até 30 de dezembro. No dia 1ºde janeiro,  tomou posse em solenidade na Câmara dos Vereadores....
Leia mais