Mundo

Meio-irmão do líder norte coreano foi morto com versão mortal de gás sarin

A polícia da Malásia informou que o meio-irmão do líder norte coreano Kim Jong-Un foi morto por uma versão mais mortal do gás sarin, o agente neurotóxico VX, classificado pela ONU como arma de destruição em massa. As autoridades investigam agora a origem do agente químico usado no ataque cometido contra Kim Jong-Nam por duas mulheres no aeroporto da capital malaia, Kuala Lumpur, em 13 de fevereiro. A presença do VX foi detectada em amostras coletadas no rosto e nos olhos de Kim Jong-Nam, de 45 anos, que morreu pouco depois do atentado, a caminho do hospital. A substância, conhecida como VX no jargão militar da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), é uma das mais tóxicas que se conhecem e ataca o sistema nervoso e muscular, agindo por inalação, ou por simples contato com a pele. Imagens do sistema de videovigilância do aeroporto mostram a vítima, Kim Jong-Nam, solicitando ajuda aos funcionários do local, que o levaram a...
Leia mais

China continua se armando mais rápido do que demais países

A China continua se armando mais rápido do que outros países, ao ponto de estar, em algumas áreas militares, "em quase paridade com o Ocidente", segundo o relatório anual do Instituto Internacional de Estudos Estratégicos (International Institute for Strategic Studies – IISS), organização de pesquisa baseada em Londres. "A superioridade tecnológica militar do Ocidente, considerada consolidada, é cada vez mais desafiada", afirma John Chipman, diretor do IISS, na apresentação nesta última segunda-feira (13), em Londres, do relatório anual da entidade, que faz referência ao equilíbrio das forças armadas no mundo. Desde 2012, as despesas mundiais com a defesa não pararam de crescer, entre 5% e 6% ao ano. No entanto, globalmente, o nível caiu 0,4% em 2016, principalmente devido a uma redução no Oriente Médio, cuja economia tem sido prejudicada pela queda dos preços do petróleo. A China destinou em 2016 um orçamento de 145 bilhões de dólares para a defesa, mais de um terço dos gastos de todo o continente asiático....
Leia mais

Chefe da Al-Qaeda chama líder do Estado Islâmico de mentiroso

O chefe da Al-Qaeda, Ayman al Zawahiri, acusou o líder do grupo Estado Islâmico (EI), Abu Bakr al Baghdadi, de mentir sobre a luta jihadista de sua organização, em mensagem divulgada nesta última quinta-feira. Na mensagem, captada por uma organização americana de vigilância na Web SITE, o egípcio Al Zawihiri, 65 anos, denuncia a "campanha de deformação dos fatos, de medo e intimidação (...) da qual participa o líder do EI”. "Os mentirosos insistem em sua falsidade, até o ponto de assegurar que não denunciamos os xiitas", disse Al Zawahiri em mensagem divulgada pelo serviço de informação da Al-Qaeda.  Zawahiri, que sucedeu a Osama bin Laden após um comando americano matá-lo no Paquistão, em 2011, nega ter dito que os cristãos podem ser aliados do governo de um  futuro califado islâmico. "O que eu disse é que são sócios nas terras, como na agricultura, comércio e dinheiro, e manteremos sua privacidade nisto, de acordo com as leis da nossa charia", falou. Al...
Leia mais

Peru dará US$ 30 mil a quem ajudar na captura do ex-presidente Alejandro Toledo

O Peru ofereceu uma recompensa de 100.000 soles (US$ 30 mil) a quem oferecer informações sobre o paradeiro do ex-presidente Alejandro Toledo, que está com ordem de prisão, acusado de receber suborno da construtora Odebrecht em troca de obras. Sobre Toledo - que governou o Peru entre 2001 e 2006 - pesa uma ordem judicial de captura internacional emitida na quinta-feira, depois de ele ter sido acusado de receber US$ 20 milhões para favorecer a Odebrecht na concessão para construir a Rodovia Interoceânica, que liga o Peru ao Brasil. “A recompensa será paga em qualquer país do mundo", afirmou à imprensa o ministro peruano do Interior, Carlos Basombrío, que pediu à Interpol que atue com a maior rapidez possível no caso. Da Agência France-Presse...
Leia mais

Apenas dois países latino-americanos têm leis para uso medicinal da cannabis

De 19 países da América Latina, apenas dois têm legislações que permitem o uso medicinal da cannabis sativa, a maconha, e sete estão em fase de regulação. Os outros dez proíbem o uso da erva e seus derivados sob qualquer apresentação. É o que mostra o Mapa Interativo da Regulamentação da Cannabis Medicinal na América Latina, lançado pelo Instituto Humanitas 360. De forma didática, o mapa traz informações sobre a situação legal para posse, venda, transporte, cultivo doméstico e trâmite legislativo atual em cada país pesquisado, com atualizações constantes. “O mapa ajuda a entender mais todo o sistema, que é muito complicado. É um convite para as pessoas se informarem mais sobre isso”, diz o vice-presidente do instituto, Piero Bonadeo. Para ele, houve avanços na região. “Todo o continente latino-americano está melhor, no sentido de ter sistemas jurídicos mais perto da legalização da maconha medicinal, mas ainda não é a legalização total da maconha medicinal”. Bonadeo diz que para ter...
Leia mais

“Há corrupção no Vaticano, mas estou em paz”, afirma o papa

O papa Francisco admitiu que existe corrupção no Vaticano, mas que aprendeu a encarar os problemas com "serenidade e viver em paz", de acordo com uma reportagem publicada nesta quinta-feira (9) pelo jornal Corriere della Sera. "Existe corrupção no Vaticano, mas eu estou em paz", disse ele em 25 de novembro de 2016, durante um encontro com representantes de ordens religiosas, e cujos detalhes foram narrados pelo padre Antonio Spadaro na nova edição da revista La Civiltà Cattolica. As informações são da agência de notícias Ansa. "Qual é o segredo da minha serenidade? Não tomo remédios tranquilizantes. Os italianos sempre dão um belo conselho: para viver em paz, precisa um pouco de indiferença. Eu não tenho problema em dizer que estou vivendo uma experiência. Em Buenos Aires, era mais ansioso, mais preocupado. Hoje vivo uma profunda paz, não sei explicar", contou. De acordo com o papa, os cardeais e membros da cúria sabem dos problemas internos do Vaticano e "todos queriam...
Leia mais

Oposição pede renúncia de presidente da Colômbia por propina da Odebrecht

Diversos membros da oposição da Colômbia pedem a renúncia do presidente Juan Manuel Santos caso se confirme que a campanha eleitoral do mandatário tenha recebido propina da construtora brasileira Odebrecht. Os pedidos surgiram após o procurador-geral Néstor Martínez informar que a campanha de 2014 de Santos teria recebido cerca de US$ 1 milhão da multinacional brasileira. A Procuradoria disse que parte dos US$ 4,6 milhões que teriam sido dados em propina, com intermediação do ex-parlamentar Otto Bula (preso e investigado pelo crime), foram usados pelo comitê eleitoral de Santos. Em delação no Brasil, a Odebrecht reconheceu que cometeu a prática de suborno em diversos países latinos e que pagou cerca de US$ 11 milhões em propinas na Colômbia entre 2009 e 2014. Além de Bula, o ex-vice-ministro de Transporte Gabriel Morales, que atuava no governo de Álvaro Uribe, foi preso por receber propina. O ex-presidente colombiano Andrés Pastrana, aberto opositor do governo Santos, usou sua conta no Twitter para pedir a...
Leia mais

Brasil e Argentina planejam aproximação conjunta com a Aliança do Pacífico

Brasil e Argentina pretendem criar condições para reforçar e expandir as relações comerciais com União Europeia, Japão, China, México e Estados Unidos. No encontro entre os presidentes dos dois países, Michel Temer e Maurício Macri destacaram também o interesse em avançar nas negociações com a Aliança do Pacífico. Segundo o presidente argentino, a ideia é aproveitar uma reunião de chanceleres prevista para março, ainda sem local definido, para aproximar o Mercosul da Aliança do Pacífico, uma iniciativa de integração regional idealizada por Chile, Colômbia, México e Peru. “Temos de levar adiante negociações como as com a União Europeia, Japão, China, México, Estados Unidos e com a [Aliança] do Pacífico. Haverá uma reunião de chanceleres em março para discutir [as relações do] Mercosul com os países da Aliança do Pacifico”, disse Macri após assinar uma série de memorandos entre os dois países. O assunto foi abordado também durante a cerimônia de assinatura desses atos. Em seu discurso, Macri disse ter...
Leia mais

Estados Unidos mudam regras de emissão de visto para os brasileiros

O decreto de controle imigratório assinado pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, também trouxe mudanças na concessão do visto para brasileiros que quiserem viajar ao país. Segundo a assessoria de imprensa da Embaixada dos Estados Unidos em Brasília, grupos que eram isentos da entrevista pessoal, agora terão de passar pelo procedimento. Com as novas regras, solicitantes que renovassem os vistos na mesma categoria, até 48 meses após o vencimento; brasileiros e argentinos, entre 14 e 15 anos, e entre 66 e 79 anos, que solicitavam vistos pela primeira vez, terão de fazer a entrevista. Antes, esses grupos eram isentos. As exceções são para solicitantes de vistos diplomáticos e oficiais de governos estrangeiros e organizações internacionais, pessoas com idade inferior a 14 anos ou superior a 79 anos e aqueles que anteriormente tinham um visto na mesma categoria e que expirou menos de 12 meses antes do novo pedido. “O governo dos Estados Unidos está empenhado em facilitar viagens legítimas de...
Leia mais

Supremo venezuelano confirma Maduro em pleno exercício do cargo

O Tribunal Supremo de Justiça (TSJ) da Venezuela considerou inválida a declaração de "abandono do cargo" sobre o presidente Nicolás Maduro, aprovada há três semanas pela oposição, que é maioria no Parlamento. Maduro "se encontra no exercício contínuo, permanente, pleno e absoluto de suas funções no âmbito nacional e internacional", afirmou o TSJ em nota à imprensa. . Em decisão anterior, o TSJ já havia dito que o Legislativo não tinha competência para destituir o presidente. O Supremo considerou ainda que o "suposto abandono" aprovado pelo Legislativo é inconstitucional, porque "não se deram as circunstâncias fáticas e os elementos que geram o fato objetivo de abandono do cargo". ...
Leia mais