Cílios postiços: como e qual modelo usar?

Apesar de serem pouco notados, esses acessórios são muito usados em editoriais, sendo presença constante nas makes das famosas

Print page

O cílio postiço é um daqueles itens que fazem a diferença na maquiagem, mesmo aquela mais simples e natural. Eles valorizam os olhos e podem atenuar algumas características incômodas dessa área, como quando os olhos são juntos, afastados ou caídos. O importante é saber qual o modelo mais indicado para cada formato de olhos.

A maquiadora e professora do curso de maquiagem profissional do SENAC, Karen Lommez, dá dicas valiosas sobre o uso dos cílios postiços. Quem tem olhos pequenos deve evitar os cílios muito cheios e pesados, para que não pareçam menores do que são. As pessoas que têm os olhos mais juntos devem procurar os cílios com o canto externo mais longo que os interiores ou usá-los só da metade para o canto externo; já para os olhos mais afastados, é aconselhável os modelos cujos fios tenham o mesmo tamanho.

Infelizmente, esses acessórios não têm o poder de aumentar os olhos, afirma Karen. Porém, ela sugere o uso de lápis branco na linha d’água e sobre os cílios naturais, redesenhando o contorno dos olhos. Para as mais discretas, é possível optar pelos modelos com fios longos e curtos intercalados ou espaçados ou, ainda, cruzados; assim o look fica mais natural e ainda assim não perde o efeito bonito.

O formato de olho mais desejado é – sem dúvida – o amendoado, que tem o canto externo mais alto que o interno. É essa a característica dos cat eyes. Para conseguir o mesmo efeito, a dica dada pela maquiadora do SENAC é delinear os olhos e aplicar a sombra fazendo com que subam um pouco em direção ao fim da sobrancelha, os cílios postiços mais longos e evidentes reforçam esse efeito.

Depois de saber o modelo de cílios ideal, é preciso adquirir também uma boa cola para que eles permaneçam no lugar, Raysa Del-Secchi – maquiadora formada pela ONG Spectaculu e que dá cursos de maquiagem pela Contém 1g e workshops – indica a cola da marca DUO e a da iEnvy, encontradas aqui no Brasil mesmo.

Como colocar os cílios postiços:

Antes de aplica-los, é preciso medi-los nos olhos e, caso esteja maior, deve-se cortar a pontinha necessária do canto externo para que ele fique do tamanho certo do olho. Se os cílios forem aplicados somente no canto externo, é preciso cortar a parte interna, a não ser que o modelo dele já venha em “tufos”.

Há dois lugares em que eles podem ser colocados: rente aos cílios superiores na parte de fora ou na parte de dentro, porém essa última é necessário mais treino. É preciso passar a cola na raiz dos postiços e esperar alguns segundos para ela não ficar tão fluída. Para auxiliar a colar os cílios, Raysa indica o uso de uma pinça, pois ela vai dar mais precisão na hora de localizá-los corretamente nos olhos; outra dica dada pela maquiadora é colar primeiro a parte do meio para o canto externo e depois, o canto interno.

Raysa ainda atenta para os cuidados que se deve ter ao aplicar os cílios, já que se trata de uma região muito sensível. Caso caia cola dentro dos olhos, deve-se retirar e lavar bem a região. Um local bem iluminado e um bom espelho (com aumento de preferência) são uma boa opção para não errar.

Quantas vezes um mesmo par de cílios podem ser utilizados?

Os cílios podem ser reutilizados três vezes, afirma Raysa, mas para isso eles devem ser preservados. Depois do primeiro uso, deve-se limpar os pelinhos com demaquilante – cuidadosamente – para os fios não caírem, retirar o excesso de cola da raiz e guarda-los de novo na caixinha.

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.