Nova catedral de Niterói será um projeto turístico para cidade, diz arcebispo

Um projeto arquitetado por Oscar Niemayer que antes de sua realização já atrai multidões de todo o Estado

Print page

A cidade de Niterói, no Rio de Janeiro, é uma das mais visitadas do mundo e com a inauguração que aconteceu neste final de semana, da sua Nova Catedral,  a São João Batista,  nome dado em homenagem ao padroeiro da cidade reuniu seis mil fieis. Com capacidade para 20.000 mil pessoas, o projeto idealizado por  Dom Carlos Alberto Navarro  foi projetado pelo arquiteto Oscar Niemeyer.  O evento contou com a presença do arcebispo de Niterói Dom José Francisco, padres, leigos e o prefeito da cidade Rodrigo Neves.

“Esse gesto simboliza o início das obras da nossa Catedral, mas não será só nossa. Ela vai ser um projeto turístico para a cidade e do grande arquiteto que a projetou, Oscar Niemeyer. Todos nós passaremos um dia, mas a chance do que estamos fazendo aqui, hoje, perdurará pelos anos para que possam se lembrar da gente”, afirmou Dom José Francisco.

O projeto da nova Catedral não é de hoje, entre os anos de 1996 a 1997 foi aprovado pelo então prefeito Roberto Silveira e chegou a ser abençoado pelo Papa João Paulo II em sua segunda visita ao Rio. Após o falecimento de Dom Carlos Alberto Navarro, em 2003, a ideia foi arquivada e permaneceu assim com o Bispo Dom Frei Alano Maria O. P. Pena.

Em 2012,  Dom José Francisco pediu ao prefeito  Jorge Roberto Silveira que doou o terreno para a nova catedral, retornando assim a busca de sua construção. Mas, foi no ano passado,  durante a Jornada Mundial da Juventude (JMJ), que o Arcebispo de Niterói apresentou o projeto ao Papa Francisco, que o abençoou, a construção da catedral.

Uma nova visão da Catedral

A inauguração chamou a atenção de muitos fieis, como a  aposentada, Maria Santos, 54, acompanhou todo o evento muito emocionada.  “Foi um momento muito mágico de minha vida, tudo estava lindo. Comemorar o dia da padroeira do Brasil, com uma procissão tão abençoada, uma missa santificadora”.

O prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, participou da missa acompanhado da família e do deputado estadual eleito, Waldeck Carneiro (PT), após a celebração ele assinou o termo aditivo que prorroga, por mais um ano, o início da construção da Igreja.

O seminarista Cristiano Januario, vê a nova catedral como um lugar de acolhimento e de manifestação de fé. “Nós estamos muito felizes pela construção da nossa nova catedral da igreja de Niterói. Essa iniciativa foi de Dom Jose em construir a catedral para colher o povo tanto de Niterói e como o povo de fora”, afirmou.

Após a missa o cantor católico Dunga, fez o show de encerramento emocionando muitos fieis, entre eles o jovem universitário Bruno Silva, 20.  Para ele, alguns momentos ganharam destaque no evento, a homilia durante a missa e o show do Dunga, além da procissão. “Sem falar, que pudemos inaugurar as obras em um clima de muita oração e fé em um lugar privilegiado, de frente para o mar, o Cristo Redentor, enfim, tem tudo para ser a catedral mais linda do Brasil”, lembrou o universitário.

Por

bruna.freitas@oestadorj.com.br

Comentários estão fechados.