Search for: "o poder do não"

O poder do NÃO nas relações cotidianas

O dia a dia está cheio de obstáculos que precisam ser superados para que o próximo passo seja dado, mas talvez um dos maiores desafios seja saber a hora certa de dizer  NÃO! Quantas vezes estamos diante de situações em que precisamos responder uma negativa a alguém e travamos na hora? Essa dificuldade é mais comum do que se pensa, têm algumas explicações que podem nos fazer entender melhor essa situação.

Dentre os maiores medos do ser humano a rejeição é a que mais se destaca. É muito comum dizer sim, pela necessidade, muitas vezes, de agradar. Mesmo que a pessoa não mereça por ser abusivo, pedir demais e não fazer nada em troca, o medo de que nos virem as costas é grande.

A psicóloga e psicoterapeuta Karen Scavacini, afirma que tal questão está associada também à dificuldade de impor limites e de conhecer os próprios limites. “Pessoas com dificuldade em dizer não têm medo...

Read more

Prefeitura do Rio não poderá encampar Linha Amarela

Mesmo que consiga aprovar na Câmara dos Vereadores lei permitindo a encampação da Linha Amarela, a prefeitura do Rio de Janeiro não poderá dar prosseguimento ao processo sem respeitar o devido processo administrativo, que prevê indenização à concessionária da via, a empresa Lamsa. Decisão neste sentido foi proferida nessa sexta-feira (1º), em caráter liminar, pela juíza da 6ª Vara de Fazenda Pública Regina Lucia de Castro Lima.

No despacho, a juíza diz que a prefeitura não pode encampar o serviço concedido “sem prévio processo administrativo específico sobre a proposta de encampação, assegurado o direito da concessionária à ampla defesa; e sem prévio pagamento da indenização." Além disso, diz a juíza, a indenização "não poderá ser simplesmente compensada com os supostos débitos discutidos nos autos dos processos, sob pena de multa diária de R$ 100 mil, a ser suportada pelo Município do Rio de Janeiro, na pessoa do prefeito”.

Em nota,...

Read more

Pessoas físicas não poderão ter contas em dólar indiscriminadamente

A liberalização cambial pretendida pelo Banco Central (BC) não contempla a abertura indiscriminada de contas em dólar por pessoas físicas, esclareceu o diretor de Regulação do BC, Otavio Damaso. Segundo ele, somente algumas categorias de pessoas físicas, que lidam com moedas estrangeiras no dia a dia, serão beneficiadas.

Para Damaso, essas categorias de pessoas físicas podem trazer “eficiência” ao mercado de câmbio. Ele citou os exportadores como uma categoria que pode se beneficiar da autorização, no futuro. Entre as pessoas físicas, os diplomatas já contam com a possibilidade de terem contas em dólares.

Segundo o diretor do BC, a abertura cambial será feita de forma gradual e levará tempo. “O projeto [proposto pelo BC e anunciado nesta segunda-feira (7)] autoriza a ampliação [dos tipos de contas em dólar] dentro de um processo de médio e longo prazos, natural dentro da conversibilidade do real, um dos objetivos do projeto”, explicou.

2019  começou com governo novo e até o momento o que estamos vendo é um Brasil que ainda não se achou. Para nós brasileiros,  a esperança de dias melhores,  ter um trabalho digno,  ver o país melhor, crescendo e sendo justo. Mas, é polêmica atrás de polêmica. E isso desagrada e desanima e muitoooo o brasileiro. E pior dá margem aos opositores para colocar mais lenha na fogueira. Uma coisa é certa quando tem parente metido no meio pode ter certeza que é confusão na certa, ainda mais quando você é o “comandante” do país. Nessas horas que o lado ganancioso aparece e vale tudo pelo poder.  Não é só ter o poder, porque tê-lo por tê-lo é nada. De nada adiantará se você não tiver competência para estar no poder. Estar nesse posto é uma responsabilidade e não uma brincada ou só aparência. A nova política brasileira tem em suas principais arestas, as mais importantes para o funcionamento do...
Read more

Justiça decide que crianças e adolescentes não poderão entrar no Ninho do Urubu

O juiz Pedro Henrique Alves, da 1ª Vara da Infância da Juventude e do Idoso da Capital, determinou, em caráter liminar, a proibição da entrada, permanência ou participação de crianças e adolescentes nas dependências do Centro de Treinamento do Flamengo, o Ninho do Urubu, até o julgamento do mérito. A decisão foi tomada com base em ação civil pública ajuizada pelo Ministério Público. Caso a liminar seja descumprida, o Flamengo terá de pagar multa de R$ 10 milhões e o presidente do clube, Rodolfo Landim, multa de R$ 1 milhão. De acordo com o magistrado, em fiscalizações anteriores à tragédia da última sexta, dia 8, irregularidades foram detectadas pelo serviço da 1ª Vara da Infância. “Durante as fiscalizações realizadas pelo Comissariado do Juízo antes e durante a instrução processual, foram identificadas diversas irregularidades no Centro de Treinamento do Flamengo no tocante às acomodações, alimentação, atenção à saúde, à educação, acompanhamento pedagógico e psicológico,...
Read more

Estado poderá usar R$ 1,5 bi de precatórios judiciais não sacados

O governador Luiz Fernando Pezão sancionou uma lei nesta sexta-feira (06) que abre créditos orçamentário especial, para que o Executivo, autor do projeto, possa utilizar aproximadamente R$ 1,5 bilhão de precatórios judiciais não sacados. A medida foi aprovada pela Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) em discussão única e publicada no D.O desta sexta-feira (06).

Segundo portal Alerj, para o Governo do Estado, os precatórios são ordens expedidas pela Justiça para que o Estado faça pagamentos em processos perdidos.

De acordo com a Lei 7.781/17, do ano passado, o Governo do Estado pode recuperar recursos de precatórios que não tenham sido sacados depois de três anos do depósito. Esses recursos obrigatoriamente devem ser utilizados em favor do Poder Judiciário para o pagamento de novos precatórios. Segundo o Executivo, a nova lei é necessária para regulamentar a entrada desses recursos no orçamento estadual.

Transparência

O texto foi aprovado na Casa com emendas feitas pelos parlamentares,...

Read more

Após acordo com MP, Liesa não poderá mudar critérios de rebaixamento

A Liga Independente das Escolas de Samba do Rio de Janeiro (Liesa), responsável pelos desfiles das escolas do Grupo Especial, assinou um termo de ajustamento de conduta (TAC) com o Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) para impedir uma próxima “virada de mesa” no resultado dos desfiles das escolas de samba em 2019. De acordo com o documento, a Liesa se compromete a não descumprira regra do Regulamento Específico dos desfiles do Grupo Especial que prevê o rebaixamento das duas últimas escolas na classificação geral, salvo nos casos de ocorrência de evento fortuito ou força maior. A situação de exceção será permitida apenas mediante deliberação do plenário da Liesa e a eventual decisão deverá ser anunciada ao público antes que tenha começado a apuração do resultado do respectivo desfile. Em caso de descumprimento, a liga terá que pagar multa de R$ 750 mil. . A entidade alegou ter tomado a medida considerando as dificuldades financeiras pelas quais passaram todas as agremiações...
Read more

Primeira-ministra do Peru reitera que Maduro não poderá entrar no país

A primeira-ministra do Peru, Mercedes Aráoz, declarou nesta quinta-feira (15) que o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, não poderá entrar no país nem sobrevoar o espaço aéreo peruano, fechando as portas ao governante, que pretendia comparecer à oitava Cúpula das Américas, que será realizada em Lima nos dias 13 e 14 de abril. "Não pode entrar nem no território nem no céu peruano. Ele não pode entrar (no Peru) porque não está sendo bem-vindo", disse Mercedes à emissora Rádio Programas del Perú. A presidente do Conselho de Ministros e também segunda vice-presidente do Peru respondeu assim ao anúncio feito hoje por Maduro de que compareceria à cúpula de Lima. Aráoz afirmou que o governo peruano retirou em novembro o convite feito ao governante venezuelano para comparecer à reunião, por ele ter rompido o diálogo com a oposição e ter convocado de maneira antecipada eleições presidenciais no seu país, marcadas para 22 de abril. "Ele (Maduro) tem que entender que não queremos recebê-lo...
Read more

Estudantes poderão concorrer a vagas não preenchidas do Fies a partir do dia 20

Estudantes interessados em obter financiamento estudantil poderão concorrer a partir do dia 20 deste mês às vagas não preenchidas no processo seletivo do primeiro semestre do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). As inscrições deverão ser feitas exclusivamente na página do Sistema de Seleção do Fies, o FiesSeleção, na internet. Neste semestre, o Fies ofereceu 150.538 vagas para 1.599 instituições, abrangendo 29.293 cursos. O Ministério da Educação (MEC) ainda não informou quantas são as vagas remanescentes, uma vez que o processo regular ainda não foi finalizado. Estão abertas até dia 17 as inscrições da lista de espera. As vagas remanescentes são voltadas para candidatos que tenham participado de alguma edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) desde 2010, obtido nota mínima de 450 pontos nas provas e não ter tirado nota zero na redação. Além disso, é necessário comprovar renda familiar mensal bruta per capita de até três salários-mínimos. Podem participar da seleção inclusive aqueles que já tentaram o financiamento...
Read more

Servidor fluminense com salário atrasado não poderá ser negativado por financeiras

As financeiras que tenham convênio com o estado do Rio para fornecer empréstimo consignado com desconto em folha não poderão negativar o nome de servidores e inativos, quando o motivo da inadimplência for comprovadamente por falta de pagamento dos salários pelo Executivo. É o que determina a Lei 7.432, de autoria do deputado Edson Albertassi (PMDB), sancionada pelo governador em exercício, Francisco Dornelles, e publicada no Diário Oficial nesta terça-feira (27), com vetos em dois artigos. Um dos artigos vetados previa que os contratos de empréstimo já em vigor deveriam ser alterados em até 90 dias para adequar suas cláusulas à nova regra. Outro trecho determinava que as financeiras que já tivessem negativado o nome dos servidores desfizessem a ação, sob pena de multa. Segundo o Executivo, esses dois artigos são inconstitucionais. Os vetos ainda serão analisados pela Asssembleia Legislativa do Estado do Rio (Alerj), que poderá derrubá-los. De acordo com o Albertassi, líder do governo na Alerj, as pessoas não...
Read more
http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e